Enxoval e Decoração para Bebês e muito mais

10 Dicas Para Quem Deseja Vender Seu Artesanato - parte 1

Boa noite!
    Aqui estou mais uma vez, agora com as mais 10 dicas mas importantes para ajudar o artesão a vender suas peças
Tentei resumir ao máximo, então dividi o assunto em 2 postagens que vocês poderão acompanhar aqui, aproveitem as dicas:

Organize-se
Sempre que terminar seu trabalho, lembre-se de anotar o nome do seu cliente assim como telefone e e-mail, uma agenda ou um mural de encomendas cai muito bem! 

Outra dica muito importante também é fotografar o seu produto, para depois divulgá-lo nas redes sociais e criar se Portfólio. 








 Abra a sua empresa

  Formalize-se!
Você já vende seu artesanato para muitos clientes, mas deseja expandir seu trabalho vendendo para lojas ou empresas, você precisa emitir uma Nota Fiscal. Nenhuma empresa séria compra de algum fornecedor sem nota fiscal, e para emitir essa Nota Fiscal você precisa abrir uma empresa. O SEBRAE te ensina como abrir uma empresa em alguns minutos, e poder atender todos esses ótimos clientes de maneira legal, emitindo sua nota fiscal fazendo do seu artesanato uma fonte de renda  muito lucrativa.
Clique no link abaixo e crie sua empresa.




http://www.portaldoempreendedor.gov.br/mei-microempreendedor-individual




Invista no Material de Trabalho


É muito importante que o seu material de trabalho seja de boa qualidade, porque isso vai agilizar o seu trabalho, e resultar numa peça final muito mais bonita, bem acabada e fácil de vender. 
Então mesmo que o material seja um pouco mais caro, o resultado será bem melhor para você e seu cliente.




Qual o valor cobrar pelo seu artesanato


O cálculo do seu trabalho só você pode fazer, tem gente que calcula por horas trabalhadas tem gente que multiplica por três.
                               

Mas vou te dar algumas dicas, que uso nos meus trabalhos:
Se a peça for uma criação minha eu cobro um pouco mais por conta da exclusividade, isso porque eu gastei mais tempo para desenvolver uma nova peça e um novo molde. 
Mas normalmente eu calculo quanto gastei de material, e isso inclui a condução para chegar até a loja onde você comprou o seu material e multiplico por três. Simples assim!

Apresentação Pessoal
O cliente assim como nós compra primeiro a nossa imagem depois o nosso produto, então esteja sempre limpo, arrumado, e cheiroso sem exageros é claro.

Imagina a má impressão que teremos de uma loja se ao entramos o vendedor nos atender com a aparência desleixada?
O mesmo se dá com o artesanato.
Pessoal eu não estou falando dos momentos que estamos em casa à vontade trabalhando, mas sim quando vamos encontrar nossos clientes, por isso acho importante ou atendermos aos clientes com hora marcada ou estarmos sempre apresentáveis, limpos e penteados.
Lembre-se a sua apresentação pessoal vai te abrir portas para qualquer lugar, e fazer seu cliente ter uma boa impressão do seu trabalho.
Então capriche!
Espero que essas dicas possam ajudá-los a se organizarem no seu trabalho. 

Bjus e até a próxima!
  
 Texto Grace Leguisamont
   Imagens: Google

Postar um comentário